Dietas proteicas

As dietas proteicas são baseadas em uma ingestão de alimentos com alto teor em proteínas, Esses alimentos são capazes, com seu aporte protéico, de modular o metabolismo, provocando a saciedade e diminuição do apetite e propiciando a perda de peso, já que o corpo tem que usar uma quantidade maior de calorias para fazer a digestão. Este tipo de dietas de emagrecimento incluem muito pouco aporte de hidratos de carbono, utilizando o organismo as reservas de gordura para obter energia e, assim, perder peso.


As dietas proteicas mais conhecidas são: a dieta de Atkins, a dieta Dukan, a dieta Siken ou a dieta Scardale. Todas estas dietas para emagrecer são baseados em cetose.


A cetose é uma situação metabólica do organismo desencadeada por um déficit na ingestão de carboidratos, o que leva a que, a fim de obter energia, o organismo pode se valer das gorduras, gerando compostos denominados corpos cetónicos, que as decompõem formando acetona que é usado como energia para o cérebro. Desta forma, o corpo já não usa os carboidratos como fonte primária de energia, mas as gorduras.


Embora este tipo de dietas permita uma rápida perda de peso, também podem ser prejudiciais para a saúde. Pode-Se incorrer em uma perda de massa muscular, o que resulta em uma diminuição do metabolismo, que é precisamente o que faz com que, ao abandonar a dieta se produza o efeito rebote.


Que o organismo se nutra de energia através das gorduras, pode produzir importantes mudanças fisiológicas no corpo que causam apatia, cansaço, mal-estar e náuseas. Com a cetose, também se podem produzir alterações no sistema nervoso que podem resultar em graves problemas para a saúde. É possível apresentar, também, as carências vitamínicas pelo reduzido aporte de frutas e legumes que possuem este tipo de dieta. Por sua vez, podem causar níveis elevados de ácido úrico, colesterol e triglicerídeos.


Para poder seguir uma dieta deste tipo e ter sucesso na perda de peso, devem ser de forma controlada, ou seja, segui-la apenas por um tempo limitado (uma semana), aumentar o fornecimento de água, para não restringir os legumes e produtos hortícolas e incluir pão no café da manhã como um aporte extra de energia. E, claro, manter um controle com um especialista é a melhor garantís de sucesso na perda de peso.


Os alimentos mais ricos em proteínas


Tipos de dietas proteicas:


Calcule as suas necessidades nutricionais:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *